Distribuidora de Bebidas: Como Montar uma Passo a Passo

Conheça o passo a passo completo para abrir um depósito de bebidas nesse guia definitivo para montar seu negócio. CONFIRA!

O número de empreendedores que têm buscado informações sobre como montar uma distribuidora de bebidas tem crescido consideravelmente nos últimos anos. Esse aumento já era previsível, pois o mercado de bebidas é um dos poucos que praticamente nunca enfrenta crise.


Com toda certeza você já consumiu alguma bebida, alcoólica ou não, por que elas estão presentes em praticamente todas as reuniões de família ou encontro entre amigos.
Isso nos mostra que a procura por esses produtos é grande em todo lugar, assim como a concorrência.
Para você ter uma ideia, somente o mercado de distribuição de cervejas movimenta mais de 70 bilhões de Reais todos os anos.
Isso representa 1,6% do PIB,de acordo com informações da Fundação Getúlio Vargas.
Apesar de ser um ramo bastante concorrido, ainda há espaço para novos empreendimentos.
Mas você precisa planejar o seu negócio para poder concorrer com as empresas que já estão no mercado há mais tempo.
Portanto, continue aqui, pois vou te mostrar como abrir uma distribuidora de bebidas passo a passo e iniciar a sua jornada empreendedora.

Vale a Pena Montar uma Distribuidora de Bebidas?

Antes de tudo, entenda a dinâmica do mercado, antes mesmo de pensar em abrir uma empresa nesse ramo.
O papel do depósito de bebidas é fazer a ligação entre o produtor e o consumidor final.
No Brasil são comercializados mais de 10 bilhões de litros de cerveja anualmente e hoje, somos o 4º mercado do mundo em consumo.
Isso significa muito, pois ficamos atrás apenas de China, Estados Unidos e Alemanha, conforme o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja, SINDICERV.
Quanto aos clientes, são, em grande parte, jovens das classes C, D e E com baixo poder aquisitivo, sendo que a maior parte está em São Paulo.
Um fato importante é que a Lei 11.705, “Lei Seca”, alterou o Código de Trânsito Brasileiro e provocou um aumento nas vendas de cervejas sem álcool.
Atualmente, há por volta de 42 fábricas no país que são responsáveis por 37 mil empregos diretos, e outros 100 mil indiretos.
Segundo a ABIR, Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes o mercado de refrigerantes é mais desenvolvido entre as bebidas não alcoólicas.
Embora o consumo seja considerado baixo, a venda de refrigerantes atingiu 12 bilhões de litros e um faturamento de 7 bilhões de Reais.
Assim, o Brasil se torna o 3º maior mercado, atrás dos Estados Unidos e do México.
Mas você também pode vender água mineral e aumentar sua lucratividade.
Tratando de bebidas alcoólicas, o consumidor está em todas as regiões do país.
Portanto, informações como faixa etária, renda média e hábitos alimentares te ajudam a definir uma estratégia adequada.
Essa pesquisa é importante, pois vai afetar diretamente o volume de vendas da sua loja.
Não esqueça também de descobrir como os seus concorrentes atuam e como você pode se diferenciar para fidelizar seus clientes.

Onde Abrir um Depósito de Bebidas

O local que você escolhe para montar um negócio pode fazer toda a diferença entre o sucesso ou fracasso da empresa.
Os melhores locais para abrir um depósito de bebidas são aqueles com grande fluxo de pessoas.
ponto comercial precisa contar com espaço para o estoque e uma área de atendimento aos clientes.
Essas lojas podem vender tanto no atacado para outros comerciantes quanto no varejo para clientes finais.
Caso você queira atender estabelecimentos como bares, restaurantes e empresas produtoras de festas e eventos, prefira locais próximos dessas empresas
Isso vai facilitar o processo de entrega e reduzir os custos com a logística.
Portanto, sua distribuidora precisa ter uma localização estratégica em relação aos fornecedores e clientes.
Outro ponto importante é que a estrutura do imóvel deverá estar de acordo com as normas da Vigilância sanitária.

Quanto Dinheiro Investir Para Começar?

O investimento para iniciar o negócio vai depender do porte da empresa e o tamanho do estoque inicial.
A maior parte do dinheiro será destinada à compra do estoque, reforma e adequação do imóvel e compra de veículos para fazer as entregas.
O investimento inicial para montar distribuidora de cerveja fica em torno de 50 a 100 Mil Reais.
Com esse valor e um espaço 300 m², já é mais do que suficiente para armazenar o estoque e para o bom funcionamento da empresa.
Portanto, o valor investido poderá ser relativamente alto.
O meu propósito aqui no blog é trazer alternativas de pequenos negócios lucrativos, então vamos nos basear em um pequeno empreendimento.

Estrutura Básica de uma Distribuidora de Bebidas

Em relação à infraestrutura, verifique a disponibilidade de energia, esgoto, água e gás.
Além disso, fique atento às vias de acesso e a visibilidade oferecida pelo ponto comercial.
Por outro lado, a estrutura deve estar de acordo com as normas da Vigilância Sanitária e com o plano diretor urbano do seu município.
Outro ponto importante é seguir as exigências legais específicas desse remo cumprindo as seguintes normas:
  • Lei nº. 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente, que proíbe a venda de bebida alcoólica a menores de 18 anos)
  • Lei nº. 11.705/08 (proíbe venda de bebida alcoólica próximo a rodovias federais, local em que ter uma distribuidora de bebidas é por certo inviável)
  • Lei nº. 9.294/96 (dispõe sobre as restrições ao uso e a propaganda de produtos fumegantes, bebidas alcoólicas, medicamentos e defensivos agrícolas)
  • Lei 8.078/90 (regula a relação de consumo em todo o território brasileiro, em conformidade com o Código de Defesa do Consumidor)
Quanto a estrutura básica, reserve um espaço para um escritório, uma área para atendimento e vendas, um depósito para o estoque, além de banheiros ou vestiários.
Esse espaço pode ser divido em:
  • Área de Atendimento e Vendas
  • Escritório
  • Depósito para o estoque de produtos
Além disso, você vai precisar adquirir alguns equipamentos básicos para a instalação e funcionamento do seu negócio:
  • Balcão ou mesa para atender os clientes
  • Carrinho para transportar as bebidas
  • Computador com um programa instalado para gerenciar o negócio
  • Uma impressora fiscal e uma normal para imprimir documentos diversos
  • Engradados
  • Freezers e geladeiras
  • Telefone
  • Um veículo para realizar as entregas

Documentação Necessária

Alguns procedimentos podem variar de acordo com a cidade, mas geralmente, a documentação abaixo é a necessária para abertura do negócio:
  • Escolha do tipo de sociedade da empresa, do nome e criação do contrato social;
  • Registro na Junta Comercial de sua cidade;
  • Inscrição do CNPJ na Receita Federal;
  • Registro na Secretaria da Fazenda;
  • Inscrição na Prefeitura para conseguir o alvará de localização;
  • Registro no Sindicato Patronal.

Empreender é Enfrentar Desafios

Esse é um negócio que exige muito trabalho e bastante criatividade para fidelizar os clientes.
Você precisa definir quais bebidas serão vendidas inicialmente em sua loja, pois assim vai facilitar o gerenciamento do estoque e a compra com fornecedores.
Defina, por exemplo, se a sua distribuidora vai focar em nichos como o de cervejas artesanais ou vai trabalhar com maior variedade de bebidas.
Embora alguns empreendedores achem desnecessário, decisões como essa precisam ser tomadas a partir de um estudo do seu público-alvo.
Descubra a faixa etária do seu público, renda média e hábitos alimentares da sua localidade, pois assim você vai ter mais chances de se destacar da sua concorrência.

Como Lidar Com a Concorrência

Visite as distribuidoras de bebidas localizadas na região que você tem interesse de abrir a sua e veja como eles estão atuando.
Identifique os pontos fortes e fracos e pense como você poderá se diferenciar dentro do mercado para atrair e fidelizar os clientes.
Seu depósito pode atender somente consumidores finais ou realizar parcerias e fornecer bebidas para restaurantes, bares, empresas de eventos e lanchonetes.
Caso você venda para restaurantes é quase certo que esses clientes queiram receber a bebida diretamente no local.
Isso acaba gerando um esforço maior com a finalidade de atender às expectativas dos clientes.
Portanto, a venda para restaurantes acaba consumindo muitos recursos da empresa como tempo e dinheiro, mas talvez essa não seja esta a melhor alternativa.
Muitas vezes a venda para o consumidor final é mais lucrativa.
Sendo assim, se você focar seus recursos nessa alternativa, provavelmente vá aumentar a lucratividade do negócio.
Também é muito importante que você faça um plano de negócio, pois assim você terá uma visão detalhada do empreendimento.

Equipe de Trabalho

Seu depósito vai necessitar de funcionários em vários setores como:
  • Gerente geral;
  • Gerente comercial (planejamento e execução da política de vendas e coordenação da equipe de vendedores)
  • Gerente financeiro (relatórios gerenciais, contábeis, contador, gestão de RH, etc.)
  • Gerente operacional e logística (administração do estoque, salvaguarda dos produtos armazenados, entregas, supervisão de motoristas, etc.)
  • Serviços gerais
Procure fazer um recrutamento e seleção de funcionários seguindo parâmetros profissionais.
Evite contratar uma pessoa pelo simples fato de ser seu amigo ou familiar, pois isso pode atrapalhar bastante a sua empresa lá na frente.
Caso seja possível, procure a assessoria de uma empresa de recrutamento e seleção na sua cidade para te ajudar a escolher os seus funcionários.
Além dos colaboradores, você também vai ter outros custos inerentes ao negócio:
  • Aquisição dos produtos para revenda
  • Tributos, impostos e taxas
  • Salários, comissões e encargos
  • Aluguel, taxa de condomínio e segurança
  • Água, luz, telefone e internet
  • Despesas com armazenamento e transporte
  • Serviços de limpeza, higiene e manutenção
  • Assessoria contábil e propaganda da empresa.
Após algum tempo no mercado, procure investir em uma equipe de vendedores externos e na entrega em domicílio.
Isso poderá aumentar consideravelmente o número de vendas.

Como Divulgar o Negócio

A divulgação do seu empreendimento é essencial, principalmente por se tratar de um novo negócio.
Procure fazer um atendimento impecável na loja, pois nada é tão bom quanto o bom e velho boca a boca entre os clientes.
Nenhuma propaganda é tão eficaz quanto um cliente satisfeito falando bem da sua distribuidora para outras pessoas, pode ter certeza disso!
Procure seguir estas dicas para ganhar mais clientes e estar bem posicionado no seu mercado.

Redes Sociais

Procure divulgar fortemente sua empresa nas redes sociais como Facebook, Instagram e Whatsapp, mantendo seus clientes informados a respeito de promoções e novidades.
Hoje em dia, é fundamental estar presente nas mídias sociais por conta do grande alcance desses meios de comunicação e da facilidade em se relacionar com os clientes.
Você pode participar de grupos no Facebook e oferecer promoções.
Crie uma publicação que estimule as pessoas a interagirem. Por exemplo, você pode criar um post com uma foto de uma cesta com bebidas e no texto pode colocar algo assim:
“Promoção de fim de semana! [descreva o conteúdo da cesta ou prêmio]
Para participar é simples, basta:
  • Curtir este Post
  • Compartilhar com 2 amigos
  • Comentar “eu quero”
Anunciaremos o vencedor no dia “[data]
Este tipo de estratégia funciona muito bem porque tende a viralizar e assim você consegue um marketing efetivo, divulgando a sua marca nas redes sociais, com o público da sua região.

Divulgação local

O marketing local ainda funciona muito bem, como distribuição de panfletos, cartões de visita, anúncios em rádio e TV local e até mesmo jornais impressos.
Ainda assim, é importante levar em conta que o meio principal de divulgação deve ser o digital, já que o custo é menor e o impacto é maior.
Algo que está bem em alta é o cartão de fidelidade. Você pode investir em alguns cartões para carimbar a cada compra que o cliente faz.
Prometendo, por exemplo, um produto grátis quando completar 10 compras.
Assim, sempre que o cliente precisar comprar bebidas ele vai lembrar que vale mais a pena comprar na sua loja para ganhar mais carimbos.

Parcerias

Outra possibilidade de divulgação é fazer parcerias com bares e restaurantes para que eles divulguem sua empresa e assim traga mais clientes para você.
Várias empresas também costumam fazer concursos, desafios e promoções periodicamente.
Essas iniciativas são muito interessantes, pois engaja os clientes e tornam sua marca cada vez mais conhecida no mercado.
Procure fazer um atendimento impecável na loja, pois nada é tão bom quanto o bom e velho boca a boca entre os clientes.
Nenhuma propaganda é tão eficaz quanto um cliente satisfeito falando bem da sua distribuidora para outras pessoas, pode ter certeza disso!

Google Meu Negócio

Outra dica importante é cadastrar a sua distribuidora no Google Meu Negócio.
Hoje em dia o marketing de busca é essencial para ser encontrado por clientes que já estão de fato prontos para comprar e só precisam saber onde fica a sua distribuidora.
Assim, quando uma pessoa que estiver na sua região pesquisar por “distribuidora de bebidas” no Google, o perfil da sua empresa pode aparecer no mapa.
Muitos negócios estão crescendo graças à presença forte na internet e por conseguirem se posicionar onde o cliente está. É muito provável que na sua região muita gente esteja procurando por uma distribuidora todos os dias.
Para cadastrar o seu negócio na plataforma, basta acessar a página de cadastro e inserir os dados da sua empresa.
Em seguida, você vai receber um código de verificação para poder validar a sua empresa na plataforma.
É importante manter o perfil atualizado e interagir com os seus clientes através da plataforma.
Sempre responda os comentários e avaliações e mantenha o perfil bem atrativo com fotos e vídeos da sua distribuidora.
Dessa forma, você pode conseguir novos clientes através do marketing de busca local.

Distribuidora de Bebidas: Considerações Finais

Nesse artigo te passei algumas informações úteis que podem te ajudar a montar uma distribuidora de bebidas lucrativa aí na sua cidade.
Fique atento a departamentos chave na sua empresa como o de administração financeira, vendas, distribuição, gestão do estoque e armazenagem.
Qualquer falha no planejamento dessas áreas pode acabar com o seu negócio e você ter que fechar as portas.
Basicamente, existem 3 indicadores de desempenho de um negócio:
  • Giro de estoque (o quanto o capital investido é coberto pelas vendas; quanto mais houver entregas de fornecedores, maior o índice de giro dos estoques)
  • Cobertura de estoques (aponta a margem dentro da qual o estoque é capaz de cobrir as vendas futuras, sem que haja suprimento)
  • Nível de serviço ao cliente (revela o potencial em vendas que fora perdido devido à falta de mercadoria em estoque, ou por falta de presteza de um ou mais setores)
Portanto, preste bastante atenção a todos esses pontos do seu negócio.
Procure ter clareza sobre suas paixões e sonhos.
Saiba de forma clara aquilo que realmente faz seus olhos brilharem.
Não podemos deixar de falar sobre estudar e aprender com o mercado.
Embora não seja obrigatório, seria muito interessante que você fizesse um Plano de Negócios antes de iniciar suas atividades.
Começar um empreendimento não significa aventurar-se de forma irresponsável.
Procure outros donos de estabelecimentos como o seu, converse com pessoas que já trabalham nessa área.
Caso você tenha dificuldade, procure um consultor do Sebrae na sua cidade e faça uma assessoria para iniciar da forma correta e com riscos reduzidos.
Tenha em mente que esse é o seu negócio, leve a sério cada detalhe dele e lembre-se todos os dias que você sonhou muito para chegar onde chegou.
Então é isso, você gostou desse artigo?
Consegui te ajudar de alguma forma?
Então curta e compartilhe, pois assim você nos ajuda a produzir mais conteúdos como esse.
Caso você ainda tem dúvidas deixe nos comentários.
Até mais!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

Nenhum comentário:

Postar um comentário